All for Joomla All for Webmasters

Temporada 2017: os clássicos que talvez você não conheça

Temporada chegando, vem aí os esperados meses frios de muita escalada. E eu aqui novamente divulgando sugestões bacanas para vocês que vem apertar nos boulders de São Bento do Sapucaí e sul de Minas. E ao invés de indicar aquilo que já está na boca do povo, achei interessante destacar clássicos que estão “criando musgo” mas que merecem muito o nosso prestígio. Omiti propositalmente os setores que estão mais lotados hoje em dia. Gostaria de mostrar que tem muita coisa boa e pouco frequentada por essas bandas. Fiz questão de colocar até alguns projetos, enfim, tem pra todo mundo!

 70 e tal V13: novos testes duríssimos

[ V12/V13/PROJETOS ]

  • 70 e tal @ Estrada do Monjolinho: V13 aberto pelo Belê no ano passado neste novo bloco em beira de estrada. Essa pérola certamente vai pro hall das sequências mais duras do país.
  • Giramundo @ Áreas: única linha deste teto alucinante que ainda não tem repetição. Isso geralmente atrai pretendentes, quem sabe essa temporada?
  • Medusa @ Rubinho: o grande monstro adormece. Já recebeu "espadadas" de escaladores como Felipe Camargo, Facundo, Jean Ouriques. E se defendeu. Aguarda pela 3ª repetição.
  • Bloco da Recepção @ Cruzeiro: aqui temos a rara possibilidade de V14 na região. Projetão provado com entusiasmo por gente como Paul Robinson.
  • Bloco do Sodoma @ Cruzeiro: proa gigante ao lado do Calvário, que limpei e tentei 2 anos atrás. Final não resolvido, achava que era impossível. Mas esses dias eu assisti o vídeo do Nalle (do V17), e vi que estou é fazendo corpo mole...
  • Stairway to Heaven @ Cruzeiro: este fica no limiar da parte liberada, pode-se tentar porém o resto do bloco não devemos ultrapassar, por mais absurdo que seje. Me surpreendi que todos os fortes gringos que viram essa linha vertical, se apaixonaram.
  • Passo da Fé @ Cruzeiro: nem todo projeto é tão futurista, este deve sair mais rápido. Tapão violento ao lado do Totoro. Na última session, o Xitão quase mandou.
  • Portal pra Valhalla @ Cruzeiro: monumental proa ao lado do Gargamel. Fiz um mutirão na base em 2014 e não tentei o projeto. Dever de casa pra 2017!
  • Instinto Selvagem @ Cruzeiro: tem projeto lowball também. Lá no 45 graus do Quativaiticatá. Acho que já deu pra perceber que o Cruzeiro ainda tem muito potencial futurista.

[ V11 ]

  • As cracas também amam @ Cruzeiro: clássico do tipo "mais legal do que aparenta". Não sabem o que estão perdendo!
  • Sossega Leão @ Cruzeiro: a única repetição deste boulder foi tão viciante que o escalador quis fazer bate-volta do RJ só pra ele.
  • Mutley @ Canil São Pedro: atlético, negativo e com um tapão no final, tudo isso a 1 minuto do carro, quer mais o que?
  • Sex shop @ Akira: V11 com pedigree de linha pura. "Bouldão" com apenas 4 movimentos de mão, da saída à borda vencedora. Última ascensão, deste que vos escreve, já tem uns 5 anos.

[ V10 ]

  • Tumulus Nimbus @ Rubinho: lindo bloco escondido atrás do Arqueiro Zen. Aberto pelo Belê e repetido por mim em 2013.
  • Globo da morte @ Áreas: V10 mais lindo da região, tão pouco frequentado? Talvez seja a sua aparência intimidadora. Só sei que eu tenho um compromisso com ele este ano!
  • Maguila @ Cruzeiro: V10 mais "tosco" da região, sem repetição. Quem encarou sofreu nocaute no primeiro assalto. Maguila pode ser velho e feio, mas derruba muito escalador de "2 dígitos"!
  • V-Nothing SDS @ Vista Aérea: é o boulder mais histórico daqui, que deveria constar na cartilha de todo boulderista. O sitdown, aberto pelo Carlera, garante um aperto a mais.

[ V9 ]

  • Tutakamão @ Áreas: bote incrível na parte superior e pouco explorada deste setor que ainda tem muito potencial fora do seu disco voador principal.
  • La Poderosa @ Face Norte: possivelmente o boulder mais longo de todos, com 30 movimentos incríveis. Grau a confirmar...
  • Calvário @ Cruzeiro: referência no dicionário boulderista, seção "clássicos", subtítulo "world-class", atributos "compressão" e "highball".
  • Totalmente fora de foco @ Ana Chata: linha pura e imponente, com bote "reponsa" no final. Um blocão que teve bastante atividade em 2014 e vale a caminhada para conhecer.

[ V8 ]

  • Totoro @ Cruzeiro: o tapa mais clássico do setor. Mais um com poucas ascensões.
  • Língua Santa @ Akira: V8 duríssimo das antigas. Talvez por isso que ninguém vai. Tiro o chapéu pra quem passar em flash neste.
  • Playboy TV @ Rubinho: Placa escondida e despercebida. Até hoje só com 1 ascensão. E olha que tem as agarras mais eróticas que eu já vi...
  • Sem nome @ Luminosa: Como assim o melhor V8 da região não tem nem nome? Até o ilustre Kevin Jorgeson escalou esse!

[ V7 ]

  • Rebelde Desconhecido @ Face Norte: para mim o melhor V7 que já escalei e ponto final.
  • Quativaiticatá @ Cruzeiro: 45 graus "de ginásio" encravado na floresta do Cruzeiro. Quase sempre visitado pelos quatis.
  • São Carlos @ Vista Aérea: da série "clássicos obrigatórios das antigas".
  • Diretas Já @ Face Norte: linha direta e reta em teto de granito, com agarrões. Ou seja, coisa rara.

[ V6 ]

  • Castelo de Areia @ Rubinho: placa levemente negativa, com crux bem definido em uma pinça de bidedo. Aberto pela Thais Makino. Boulder pra testar o equilíbrio de muito fortão por aí afora.
  • Quebra de soberania @ Face Norte: V6 já escalado por "V13istas" (inclusive gringos) porém sem nenhum flash até o momento. Bom pra mostrar que boulder de 1 dígito rende ensinamentos a todos!
  • São Bento Ninja Warrior @ Cruzeiro: intocado desde a abertura. Este é para os guerreiros corajosos...
  • Empire State @ Face Norte: subsetor com opções democráticas em um bosque super aprazível.

[ V5/V4/V3 ]

  • Periguete @ Face Norte (Robertete): linha majestosa, aos pés do Baú. Cartão postal imperdível. Pra mim é a linha mais “orgânica” deste bloco, fazendo uma diagonal linda em sua face.
  • Buena Onda @ Cruzeiro: um achado, atrás do grande bloco da Recepção do setor. Surfa uma onda com um agarrão na "crista", antes do crux.
  • Mantiqueira Gritstone @ Rubinho: Linda aresta "old school". Pra quem gosta de se testar em todo terreno, este estilo é uma obrigação (pouco cumprida até agora).
  • The Nose @ Rubinho: esse é um V3 bom pra você sacanear aquele seu parceiro que anda faltando com a humildade. Pois provavelmente ele vai demorar pra tirar a bunda do chão...
  • Panturrilha de Bailarina @ Rubinho: acho que já deu pra perceber que este é um "setor-escola". Esse boulder já é mais avançado, placa vertical highball!
  • É meu @ Luminosa: no bloco do "V8 mais irado" tem esse V4 também, de muita qualidade. 
Diretas Já V7: mais um novo setor de bouldering para a região

Converse com a comunidade local para pegar os betas e, principalmente, se atualizar sobre a situação dos acessos mais críticos e poder focar suas metas alinhado com a preservação dos setores. Estou à disposição e desejo uma ótima temporada a todos!

Cláudio Brisighello
http://yuri.com.br/claudio
http://sumbaboulder.blogspot.com

Log in

create an account